quarta-feira, 30 de setembro de 2009

TEU CORPO - OASIS OU PERDIÇÃO

Teu corpo é um rio, deslizando docemente por entre as margens do meu leito.

Nele sacio,
A sede,
A fome,
E o ardor dos sentidos.

Nas ardências do teu corpo,
Bebo,
Como,
Deliro.

O rio é de água salgada.
Bebo... e quanto mais bebo, mais sei, que nunca vou conseguir saciar a sede do meu ser.
Tento alcançar a outra margem,
Não sei nadar,
Afogo-me.
Só no estio as margens se encontram,
E tu és Primavera!


Quinta do Anjo, 30 de Setembro de 2009

Carlos Manuel Fernandes Gonçalves

20 comentários:

Vivian disse...

...o corpo do ser amado
é sempre um rio calmo
e caudaloso onde buscamos
nos saciar dos desejos
e paixões...

adoro vir aqui navegar
neste rio poeticamente
sedutor...

adoro...

bjs de primavera, pra você,
poeta lindo!

Graça disse...

Belo poema... na perdição desse corpo-rio. Gosto do que escreves, como escreves, sobre o que escreves.


Um beijo primaveril, querido Carlos.

Camila Fontenele disse...

Ah, fico agradecida por ter passado em meu blog.
Fico feliz por ter gostado da sensibilidade de Lavínia (que também é uma parte de mim)...
E sempre que pude estarei aqui pra compartilharmos as palavras!

:)

Delirius disse...

Olá Carlos :)))

Pois..., faço minhas as tuas palavras que deixaste lá no meu canto... ;)))

É bem lindo este sonho que aqui nos deixaste. Gostei de ler sim.

Beijo.

Fatima disse...

Que beleza de poema Carlos!
Gosto tanto do seu jeito de escrever.
Tão intenso, tão profundo!
Bjs querido.

Graça Pereira disse...

O amor é sede que nunca se sacia...Que rio lindo este o do teu amor onde te perdes para te encontrares. Um beijo grande Graça

Carmo disse...

Apaixonadamente belo! Outra coisa não seria de esperar.

Beijinhos

Carmo

AFRICA EM POESIA disse...

Parabéns pela pesia.

um beijo

Graça Pereira disse...

Passei para te deixar um beijo e os votos de fim de semana prolongado, muito feliz. Graça

Lídia Borges disse...

Um rio/corpo a desaguar num mar/amor...



L.B.

AFRICA EM POESIA disse...

Carlos
que lindo ver-te na minha "Arte"...
passa na minha poesia vais gostar e vais apaixonar-te pelo verde... acredita...
Fico feliz por gostares das minhas telas... vou pintando e deliciando-me com o que faço...
um beijinho verde e carinhoso ...para ti...

Vivian disse...

...passeando pelos jardins
que gosto,
cá estou para desejar ao poeta
votos de um excelente fim de
semana farto em ricas inspirações!

deixo beijos brasileiros!

Princesa disse...

v * . * ..: : * . * ¸.•´¸.•*´¨)*.,’:(¸.•´
"Ter amigos, * .. * . * ..: é como (¸.•`
... *`.¸.•´ *( *. * . olhar para o céu, . * . *
* .. *..(¨`•.•´¨). *`•.¸.•´* . * . * . *
..* ... *`•.¸.•´ ¸. ¸.•* e ver sempre . * .*..
( * . * . * . * .. *..(¨`¸.´* . * . *) . * ..* ...
*¸.•´ * uma estrela *. (¨`•.•´¨)* . *..* *
. * ... ¸.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨) brilhando *..(¨
•.•´¨) especialmente. *`• ¸.•´* . * .* . *
..* ... *`•.¸.•´ * *. para nós....... * . * .
...*(¨`•.•´¨) . * .`•.. * . * * . * .
.*. `•.¸.•´ Você •.. * . * . * . ¸.•*¨)
* .. *..(¨`•.•´¨). *`•.¸.•´* . * . * . *
..* ... *`•.¸.•´ * é uma estrela *. * . *
* . especial * . * . . * . *.*. * . * . *
¸.•´¸.•*´¨) no meu céu." ¸.•*¨) ¸.•(* . *.*`
Um bom domingo
Beijinhos

Graça disse...

Querido Carlos,

Um beijo doce para o teu domingo.

Vivian disse...

...me cobrastes inspirações.
deixe-as no caminho por onde
sei que vais passar.

beijo imenso, poeta lindo!

Camila Fontenele disse...

Olá Carlos!
Estou passando aqui para avisar que o meu outro blog foi roubado (e tudo deu um nó), na verdade meu orkut também.
Mas como não costumo desistir dos meus sonhos fiz outro doqual publicarei as antigas postagens, e novas!

Estou te seguindo nesse novo!
Boa semana.
Beijos!

intervalo disse...

Margens distantes,água salgada e a sede a torturar,lindo oasis ou apenas perdição?!Carlos,parabéns sua poesia,poema,versos ou prosa sei lá,tem alma.Gosto sentar nesta margem sentir vento passar.Boa noite,beijoss com carinho meu.Lia...

Fatima disse...

Obrigada pelo carinho Carlos.
Vc é muito gentil.
Bjs querido.

Confesso disse...

"...Nas ardências do teu corpo,
Bebo,
Como,
Deliro..."

Sempre lindo e delicioso tudo que escreves...

Beijos ardentes...

AFRICA EM POESIA disse...

Carlos

obrigada pela entrada e pela viagem comigo a Assis...

um beijoe um poema