quinta-feira, 13 de agosto de 2009

GOSTAVA DE AMAR-TE

Gostava de amar-te, como a noite ama as estrelas, o dia a madrugada, o sol a alvorada, os pássaros a imensidão do espaço, os homens a liberdade, gostava de amar-te…

Amar-te, como ama um náufrago perdido na escuridão do nada, um marinheiro ao ouvir o canto da sereia, um ébrio escondido da vida…

Gostava de amar-te, em local longe do mundo, loucamente, onde só ouvisse a tua voz, os teus silêncios, os teus suspiros, o calor dos teus braços, a carícia das tuas mãos, a doçura dos teus lábios…

Amar-te, como se fosse a última vez, perdidamente, o último momento da nossa existência, amar-te com paixão, mesmo sabendo que te amava para perder-te…

Gostava de amar-te, como o poeta louco ama a morte e procura nos seus braços o descanso imortal, como o amante apaixonado busca no abismo o fogo da sua paixão, como a alma perdida procura no silêncio o grito do chamamento da vida…

Amar-te, com desespero, com amor, com paixão, beijar e acariciar todos os recantos do teu corpo, sentir a sensualidade do teu suor e do teu cheiro, unir o teu corpo ao meu e neste êxtase de entrega e posse deixar desaguar o rio que nos afoga e nos arrasta para o mar da nossa ilusão…

Gostava de amar-te, mesmo na desesperança de saber que não te posso amar, que tu não me podes amar, que esta rebeldia é sonho perdido no nevoeiro de um dia que não existe…

Amar-te, na angústia da distância que nos separa, dizer-te que a vida foi cruel, foi ingrata, não nos deixou encontrar quando foste selva por desbravar, quando foste mundo por descobrir, quando o meu ser era bonança e não tempestade…quando te conheci, era tarde, foi somente para fugir de te encontrar!

Gostava de amar-te, meu amor!


Quinta do Anjo, Agosto de 2008

Carlos Manuel Fernandes Gonçalves

11 comentários:

Delirius disse...

** Ui... :))**

Prometi passar aqui hoje para dar-te um beijooo..... hmmmm, bem... vinha preparada para ler a história da tua vida... :-)), que é tããããããão comprida, e eu sempre por aqui a correr!...

Bommm..., esta é também uma história de vida, vivida em sonhos e desejos, também nos enche nos momentos dos nossos silencios, lembranças na fronteira do virtual/real, que nos pôem brilhos nos olhos e sorrisos nos lábios, nos lábios que outros lábios sentem!...

Sabes o que se perde?!
- Apenas o que o coração esquece :)
Sabes o que o coração esquece?!
- O que não é verdadeiro!... às vezes nem isso ele esquece :))))

Para ti o meu beijo, de noite tranquila!

Maria

Graça disse...

Lindíssimo este teu texto. Gosto da forma como és tu, em tudo o que escreves, [e do que já pude ler neste teu espaço], com uma sensibilidade própria de quem viveu tanto e acha que deixou algo por viver.

"quando te conheci, era tarde, foi somente para fugir de te encontrar!"_________ o que é tarde, Carlos? [Sou por um dia de cada vez, sem tempo de antes ou depois].

Gosto de vir aqui.

Um beijo meu.

Fatima disse...

Amar Carlos é sempre um ato de coragem, mesmo quando a gente não quer amar.
Bjs querido.

Graça Pereira disse...

Amar, nunca é tarde...ainda que seja ...para fugir de te amar! Há amores, aue se concretizam no nosso coração, nos nossos sentidos, nos nossos desejos e nem por isso, deixa de ser menos verdadeiro. Ama-se as vezes que quisermos, enquanto tivermos vida dentro de nós.
Um beijo grande e bom fds Graça

intervalo disse...

Amor,é noite escura
é o brilho das estrelas.
Lua cheia,madrugada com raios e trovões,é a suavidade da chuva depois da tempestade.
É sol despontando detrás das serras radiante como uma criança travessa.
É sabor amargo da despedida e alegria do reencontro.
Fogo que arde,descanso no aconchego dos braços amado,é silêncio que alimenta alma.
Amor...acho que é uma belíssima obra de arte srsr,fascina-me...

Um pouquinho de Clarice Lispector pra vc desejando-lhe um final de semana surpreendente.

Mas há a Vida

Mas
há a vida
que é para ser
intensamente vivida,
há o amor.
Que tem que ser vivido
até a última gota.
Sem nenhum medo.
Não mata.


beijosss meus.Lia...

Faces de Mulher disse...

Prazer Carlos!!!
Sou a Chrys
Agradeço a visita...
Uma bela poesia sedutora acabei de ler...
Como é bom amar...
Mesmo não sendo compartilhado...
Pois o coração queima...
É muito bom sentir este calor...
Amei te ler...
Lindo espaço...
Já estou te seguindo e acomanhando...
Bela noite!!!
;)

Vivian disse...

...passeando pela net,
aqui cheguei.
e ao chegar de cara me encantei
com este mar de palavras
poeticamente tão bem colocadas
para cantar o amor de ontem,
de hoje, e de sempre.

que lindo!!!

fui, mas volto...
ah se volto!

bjuuu

desculpe-me a invasão...
rss

Faces de Mulher disse...

Estive aqui para desejar a você um bom dia!!!
BJKS...
Chrys
;)

Doroni Hilgenberg disse...

Que maravilha de poema

Recheado de desejos e sonhos de ternura por um amor impossivel.
bjs

Vivian disse...

...coruja como sou,
deixo que minhas asas
pousem onde bem quiser...

eis-me aqui bisbilhotando
na tua casa, e amando tudo
que há por aqui...

obrigada pelos carinhos
deixados em meus cantinhos.

você é um lindo...

beijos brasileiros...rs

Carmo disse...

"Eu quero amar assim perdidamente"
Ame, Carlos, amar é coragem, é estarmos vivos é sentir o cheiro da poesia nos cabelos da amada

Beijinhos

Carmo