quinta-feira, 9 de julho de 2009

TRAVESSAS - A Manhã da Vida - NOSTALGIA



(... e saudades de ti, meu pai!)

3 comentários:

Anónimo disse...

Ola Carlos.Vi a foto de famila sabes acho ao olhar-mos para as fotos alimenta-nos o nosso coração alma tudo nos relembra com saudade,eu perdi o meu pai ha 2 anos,quanto mais o tempo passa mais saudades eu tenho dele eramos muito ligados.As vezes penso que as pessoas desprendidas são mais felizes não se preocupam com os outros,depois penso se eu não me preocupar com os outros não posso esperar que se lembrem de mim.Um abraço para todos vos Mena.

Carlos Gonçalves disse...

É verdade, Mena, não gosto muito de olhar para trás, pois quando o faço surge-me sempre o meu pai, a maior saudade da minha vida.

Um beijo.

Carlos Gonçalves

Delirius disse...

Não acredito que precises de olhar para trás para que o teu pai querido te venha à memória!
Continuo a acreditar que há pessoas que não morrem nunca, mesmo que o seu corpo desapareça!...
Sei que há pessoas que morrem, mesmo que o seu corpo passe diante de nossos olhos todos os dias!...
Poderia dizer-te muitas coisas àcerca deste tema...
Beijo.
M.