sábado, 4 de dezembro de 2010

FRAGA [… memória]!


Na minha existência,
Enchi uma fraga de nomes,
De poemas,
De imagens,
De corações…
Ficou uma gravação,
Não a cinzel,
Não nas cinzas,
Não no silêncio…
Ficou um memorial gritante,
Um eco dos meus passos,
Uma marca do meu viver…
Hoje, quando registo,
Um novo nome,
Uma nova emoção,
Uma nova paixão,
Quero apagar os antigos,
A rocha já não tem espaço…
Mas não,
As memórias de antanho,
Mais escuras,
Prevalecem,
No rosto da pedra,
Na alma de mim!


Carlos Manuel Fernandes Gonçalves


Quinta do Anjo, 3 de Dezembro de 2010 (15H46)

8 comentários:

Carmo disse...

Poeta apaixonado! "Um novo nome,
Uma nova emoção,Uma nova paixão,"
Uma desilusão?!
E o recomeçar.

Beijo querido Carlos e boa semana

Sonhadora disse...

Meu querido Carlos

Não podemos apagar o que escrevemos no livro da vida...no livro das mágoas.
Deixo o meu beijinho e um abraço do tamanho do mundo.

Sonhadora

Fatima disse...

"A Melhor mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio
de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida"

Um Feliz Natal e um Ano Novo cheio de Paz,
Amor, Saúde e Amizade.
Bjs

Graça disse...

Lindo, o teu poema. Eu gostei.

Um beijo de carinho e bom feriado.

Vivian disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Graça Pereira disse...

Quem consegue apagar as memórias antigas? Fazem parte do nosso caminho, da nossa vida...apagá-las seria deitar fora parte da nossa alma. Lindo o teu poema (...e as tuas memórias!!)
Beijo
Graça

Lusa Vilar disse...

Lindos poemas, obrigada por postá-los. Um Feliz Natal e um Ano Novo de paz e saúde.
Um beijo fraternal e brasileiro.

Linda Simões disse...

Carlos,

as memórias vão conosco por toda a eternidade...

Tua página é realmente linda,com imagens e palavras que vão no mais íntimo de nós,na essência.E as palavras ficam sendo nossa também, sendo tuas,um poeta.

Um Natal cheio de paz,junto à família
é o que te desejo


Linda Simões