quinta-feira, 19 de agosto de 2010

POESIA... MELANCOLIA!



ESTAÇÃO DA VIDA!



Vida é uma estação,
Perdida no tempo…
Pérfida alucinação,
Amor em destempo!


Nasci no tórrido, Verão,
Moro no triste, Outono…
Primavera foi paixão,
Inverno é abandono!


Em cais de despedida,
Murmuro… adeus vida,
Não te pedi para vir!


Foste ingrata comigo,
Assim, agora te digo,
Abandono-te… vou partir!


Quinta do Anjo, 18 de Agosto de 2010 (10H50)


Carlos Manuel Fernandes Gonçalves




(des)CONHECER-TE!

Olho-te nos olhos,
Desnudo-te a alma…
Vejo-te:
Mulher,
Fogo;
Paixão,
Nua…
Conheço-te o corpo, sem te conhecer,
Perdi a alma, que deu alma ao meu viver!


Quinta do Anjo, 13 de Agosto de 2010 (15H23)


Carlos Manuel Fernandes Gonçalves

10 comentários:

MeuSom disse...

Parabéns Leão da VIDA!!!

Que é isso de dizer adeus quando 'tá a Renascer?!

Parabéns Poeta!
Parabéns Amigo!
Parabéns...!...!?

Quero voltar a dar-te os parabéns no próximo ano!

Não sei qual é o teu dia certo!
Isso também não tem importância, né?!

Beijos, abraços e carinhos!
E um afecto enorme a beijar esse coração!

Sonhadora disse...

Meu querido Carlos
Melancólico, mas belo.


Nasci no tórrido, Verão,
Moro no triste, Outono…
Primavera foi paixão,
Inverno é abandono!

Como essas palavras me tocaram a alma.

Se quizeres passar no meu canto para leres UM SONHO DE UMA NOITE DE VERÃO...

Beijinhos com carinho
Sonhadora

Vivian disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fatima disse...

Acho a palavra melancolia tão linda, pena que o seu significado....

Bjs meu querido.

Vivian disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carmo disse...

Beijo querido amigo.

Graça Pereira disse...

Manel
Lindos os teus poemas...Nostálgicos...melancólicos?
É apenas o momento em que estás...no apiadeiro...á espera de nova estação!
No meu post...na lista dos "recuerdos"...há uma música que te dedico: Melancolia! Adoro-a desde a minha juventude...o que quer dizer que melancolia..nostalgia...tristeza
...são apenas estados de alma!
Beijo
Graça

Lídia Borges disse...

Carlos
Agradeço as suas palavras tão gentis. A admiração é, então, recíproca.

Estes dois texto que parecem dialogar entre si completam-se no desencanto do "eu" lírico que sente ter perdido o seu amor.
Destaco o esmero na construção poética, a rima,o ritmo...

Um beijo

Vivian disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
intervalo disse...

Carlos meu poeta querido,na estação da vida mais um lindo dia abriu-se,ouço o canto dos pássaros,o sol radiante beijando as folhas das árvores suavemente anunciando teremos mais um dia de calor intenso e o inverno onde foi?!adormeceu aguardando a primavera com sua cores,renascer da vida,desnudando almas,alimentando as paixões com seu perfume que embriaga.Vida estações de alegrias,melancolia...e o tempo não para,as ilusões presente em todas estações.

Feliz domingo,beijos poéticos para matar saudades.Lia...