domingo, 29 de agosto de 2010

A M O - T E !




Amo-te!
Amo-te mais que a mim,
Amo-te mais que a ti!


Amo-te, em nuvem onírica,
Teus sonhos a minha lírica,
Poesia linda do meu viver.
Em teu coração a minha paixão,
Na tua alma a minha perdição,
Bebo em ti a sede do meu ser…


(A ti... amo-te!)


Quinta do Anjo, 29 de Agosto de 2010 (15H08)


Carlos Manuel Fernandes Gonçalves

6 comentários:

Vivian disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fatima disse...

Que sua semana seja cheia de alegrias meu amigo!
Bjs.

Sonhadora disse...

Meu querido Carlos
Adorei a doce melodia das tuas palavras.
Estás mesmo apaixonado...ama que a vida acaba logo.
Desculpa...estou negra, como a noite.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

Graça Pereira disse...

O amor...seja para quem fôr é sempre uma doacção...com essa força que tu imprimes nos teus versos...
No silêncio das tuas noites tantas vezes...com orvalho nos olhos...acredito que este amor há-de levedar e acolher um coração que bate nas raízes dos espinhos...
Beijo
Graça

Vivian disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
intervalo disse...

O amor nos da asas,faz os dias radiantes,até as noites escuras tem brilho e nos convida a dançar.Poeta querido,amar é tudo bom.Beijoss meu e saudades.Lia...